Curta no Facebook





CONQUISTA: SERVIDORES DENUNCIAM FALTA DE ALIMENTOS EM HOSPITAL MUNICIPAL

ESAÚ
Foto: Blog do Anderson

Servidores do Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista, afirmaram que a unidade de saúde está há mais de uma semana sem alimentos para funcionários e pacientes. “Todo dia ovos cozidos e fritos. Tem dia que falta café, no outro não tem açúcar”, disse uma funcionária que preferiu não se identificar ao Blog do Anderson. De acordo com ela, a instituição não possui nem mesmo gás na cozinha, o que obriga os servidores a levar seus próprios alimentos. No entanto, o mesmo não é permitido aos pacientes. “Os paciente estão sendo impedidos de entra no hospital com alimentos trazidos de casa. Até chá já foi servido por falta do café e leite”, contou. A prefeitura de Vitória da Conquista ainda não se posicionou sobre a situação.

AGRICULTOR CULTIVA ABÓBORA DE QUASE 300 QUILOS E GANHA APOSTA

O agricultor Antonio Luiz Theisen, 48 anos, está rindo à toa. Morador de Linha Fátima, em Tunápolis, no oeste catarinense, ele venceu uma aposta com os amigos ao colher uma abóbora gigante de 286 quilos, espera conquistar a premiação na feira de Pinhalzinho, que ocorre de hoje a 1º de fevereiro, e de quebra, produziu uma das maiores abóboras que já se tem conhecimento no País.ABOBORA

“Ninguém vai achar que vai colocar semente e vai ficar desse tamanho. É quase como namorar. Cada dia tem que dar uma olhada, ter muita dedicação”, ressaltou.Cultivada em agosto do ano passado e transplantada para a lavoura em setembro, a abóbora pesava um quilo em 1º de dezembro. Em 57 dias, atingiu os quase 300 quilos. O peso médio dessa espécie de fruto é de cerca de 100 quilos. O segredo, segundo Theisen, é fazer análise de solo e correção da acidez. Além disso, o solo precisa ser fofo, adubado e irrigado.

O agricultor coleciona premiações em competições do ramo desde 2007, quando começou o cultivo de abóboras gigantes. Em julho de 2012, comprou sementes dos Estados Unidos que resultaram na abóbora de 286 quilos. “Estávamos num grupo de amigos e falei que a abóbora ia chegar a esse peso. Agora eles vão ter que me pagar umas cervejas”, diverte-se o agricultor, que tem como meta agora cultivar uma com mais de 300 quilos.

A pesagem foi feita em uma balança em sua propriedade e será confirmada durante a feira de Pinhalzinho. Para carregar a abóbora no reboque que a levaria para a feira, foram necessárias seis pessoas, além da ajuda de um trator. “Levamos mais de uma hora nos divertindo e dando risada”, completou. A abóbora deve ser levada ainda para outras feiras, já que a expectativa é que dure de dois a três meses.

CIENTISTAS ADIANTAM RELÓGIO DO FIM DO MUNDO ALERTANDO QUE HUMANIDADE ESTÁ PRÓXIMA DE SER EXTINTA

MUNDO-ACABAR1Um alerta emitido nesta quinta-feira (22) pelo Boletim de Cientistas Atômicos (BAS), adiantou o simbólico relógio do fim do mundo em dois minutos. O feito diz respeito à proximidade do fim da humanidade.Agora, marcando três minutos para a meia-noite, o relógio demonstra que a situação atual da população mundial é crítica, comparada à 1984. Na ocasião, existia um grave conflito entre os EUA e a União Soviética, crescendo temores de uma possível guerra nuclear.A principal ameaça desta vez está ligada ao clima.

Segundo Kennette Benedict, diretora-executiva do BAS, a probabilidade de uma catástrofe global é extremamente alta. As ações para redução dos riscos devem ser tomadas urgentemente.“As condições são tão ameaçadoras que estamos adiantando o relógio em dois minutos. Agora falta três para meia-noite”, informou.Um alerta emitido nesta quinta-feira (22) adiantou relógio do fim do mundo em dois minutos. O feito diz respeito à proximidade do fim da humanidade.Segundo Kennette, a emissão de dióxido de carbono aliada a outros gases têm transformado o clima do planeta de forma extremamente perigosa, deixando milhões de pessoas vulneráveis ao aumento do nível do mar e a outras tragédias ligadas ao clima. (mais…)

APÓS ACIDENTE, HOMEM PERDE POLEGAR DA MÃO E IMPLANTA DEDO DO PÉ NO LUGAR

RTEmagicC_73de7b1093.JPG

Um acidente de moto causou a perda do polegar esquerdo do auxiliar de depósitos Carlos Henrique Pacheco. Três anos depois, no último sábado (17), ele se submeteu a um transplante com o objetivo de retirar um dedo do pé e reimplantar no lugar do polegar perdido. “Não sabia que era possível tirar um dedo do pé e reimplantar na mão. Na hora eu achei até que era brincadeira do doutor para tentar amenizar a situação, mas ele me explicou tudo direitinho. Eu pesquisei na internet e aceitei fazer. Graças a Deus correu tudo bem. Minha autoestima já melhorou bastante”, afirmou o paciente ao jornal Extra. Realizado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, o procedimento faz parte do programa SOS Reimplante, que realiza esse tipo de cirurgia desde 2008. “A técnica consistiu na retirada do segundo dedo do pé para reimplante na mão, religando artéria, veia, tendão e nervos. No mesmo dia da cirurgia, fizemos uma plástica no pé para que fique esteticamente aceitável. Os procedimentos foram um sucesso. Após a recuperação, além do retorno gradativo do movimento do dedo da mão, o paciente pode continuar fazendo tudo com o pé que foi operado”, explicou João Recalde, médico responsável pela cirurgia.

HERALDO ROCHA DIZ QUE RESULTADOS MOSTRAM UM GOVERNO “EM CRISE”

1a3c9e5a0560366327611599dc767054O presidente do Democratas de Salvador, Heraldo Rocha, em contato com este Política Livre, afirmou lamentar os resultados do governo petista de Rui Costa e Dilma Rousseff até então. Segundo Rocha, o maior prejudicado com a gestão acaba sendo o povo baiano. “Em menos de 20 dias esse governo apresenta um crise na saúde. Além do grave estado que se encontra, o setor ainda é obrigado a presenciar o ex-secretário da pasta Jorge Solla dizer que o governo é ‘insensível e absurdo’. Agora, foi a vez da Agricultura. Em menos de um mês já será trocada a secretária. Isso sem contar as crises na financeiras e administrativas”, disse o democrata. Para Heraldo Rocha, existe uma espécie de “hipocrisia” por parte dos petistas ao afirmar que os governos Wagner e Rui sofreram com as atitudes tomadas quando a oposição estava no poder. “O Estado chega a um ponto pré-falimentar. A oposição já disse isso, mas eles continuam afirmando que a ‘herança maldita’ veio de nós”, frisou. Já sobre as seguidas denúncias da Petrobras e a atual situação da Segurança Pública da Bahia, o ex-deputado mais uma vez lamentou. “É triste dizer isso, mas as crises na Petrobras só mostram a competência do PT. Na Bahia, também, a segurança anda sem melhorias. O secretário Maurício Barbosa não mostrou nenhum resultado até o momento. E quem sobre com tudo isso é o povo baiano”, pontuou o presidente municipal do DEM.

ROMPIMENTO DE RUI COSTA COM PDT MOSTRA ANTECIPAÇÃO POR 2016

RUI-COSTA-912-size-598

O rompimento do governador Rui Costa (PT) com o PDT, anunciado ontem pela manhã, foi o auge da crise interna que levou o partido a uma disputa fratricida e à demissão da secretária de Agricultura, Fernanda Mendonça, apenas 20 dias depois da posse. Além de expor a queda de braço entre os dois principais líderes da legenda na Bahia – o presidente da Assembleia, Marcelo Nilo, e o deputado federal Félix Mendonça Júnior, que comanda a sigla no estado -, o fim das relações de Rui com o PDT mostra claramente a disposição do petista em antecipar os movimentos no xadrez eleitoral de 2016.

“Fomos ao presidente nacional, Carlos Lupi, explicitamos a ele a posição política do novo governo, de que era preciso escolher um lado. Nós somos abertamente adversários do prefeito de Salvador (ACM Neto, do DEM) e avisamos que não dá para estar com os dois ao mesmo tempo”, afirmou o secretário de Relações Institucionais, Josias Gomes, que comunicou a ruptura a Félix Júnior em um telefonema ontem pela manhã. “Eles queriam algo mais que a gente não pode dar”, disse Félix, ao se referir à imposição de Rui para que o PDT deixasse os cargos na prefeitura. (mais…)

BAHIA: GASOLINA PODE FICAR ATÉ R$ 0,70 MAIS CARA NESTE ANO

gasolinaO aumento da gasolina na Bahia pode ficar mais salgado do que os R$ 0,22/litro anunciado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, na última segunda-feira (19). O combustível poderá ficar entre R$ 0,50 e R$ 0,70 mais caro para os baianos ainda no primeiro trimestre deste ano por conta da agregação de elevações de impostos e dos custos operacionais dos revendedores. De acordo com informações do jornal Correio, a elevação de três pontos percentuais na alíquota do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) deve ter um impacto de R$ 0,10, enquanto os custos com reajustes salariais e com a energia elétrica vão representar mais R$ 0,20 no combustível. (mais…)