Grêmio e Real Madrid decidiram neste sábado o Mundial de Clubes da Fifa, que terminou com a equipe espanhola levantando a taça pela sexta vez. No primeiro tempo, futebol morno, com poucas chances, e um destaque: Geromel. O zagueirão gremista tirou a tranquilidade do melhor do mundo, Cristiano Ronaldo, no ataque. Na segunda etapa, gol do Real logo no início. CR7 cobrou falta da entrada da área e a barreira deixou a bola passar e morrer no canto direito de Marcelo Grohe. Claramente o Grêmio sentiu o golpe e abriu a guarda. Menos de cinco minutos depois, um golaço do português após passe de Benzema.  Mas o juiz anulou a jogada, já que o francês estava impedido no momento da assistência. Daí pra frente, uma bola na trave e domínio total dos Merengues. Sem conseguir criar, o Grêmio se entregou e acabou derrotado. No fim, 1 a 0 e título para a equipe espanhola.