WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


biotipo farma luz delano yluz

Ribeirão do Largo: MPF denuncia esquema que desviou mais de R$ 690 mil da Prefeitura

Prefeitura de Ribeirão do Largo

A denúncia foi oferecida ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) por incluir o atual prefeito do município de Encruzilhada (BA), Wekisley Texeira Silva, que naquela época atuava como presidente da Cooperlife – Cooperativa de Trabalhadores na Saúde. Esta cooperativa é acusada de usar o mesmo esquema para prejudicar outros municípios baianos: no período de 2011 a 2016, recebeu quantia superior a R$ 121 milhões de 30 prefeituras e os fatos são apurados em outros inquéritos. Segundo a acusação, o esquema começou quando Valdomiro Guimarães Brito, então prefeito do município de Ribeirão do Largo, aderiu à prática de crimes pela organização criminosa e, num dos primeiros atos de sua gestão, editou o Decreto nº 14, de 02/01/2013, para declarar estado de emergência de forma genérica, em razão do suposto “caos administrativo” deixado pela administração anterior, o que justificaria a aquisição de bens e a contratação de serviços por dispensa e inexigibilidade de licitação.

:: LEIA MAIS »

Eleitores não poderão mais ser presos a partir desta terça-feira (2)

Foto: Divulgação

A partir desta terça-feira (2) nenhum eleitor pode ser preso ou detido pela polícia, exceto em caso de ser pego em flagrante. Também podem ser presas pessoa que sejam alvo de uma sentença criminal por crime inafiançável. A regra é determinada pelo calendário eleitoral para garantir que o eleitor não seja impedido de votar por causa de prisões arbitrárias. A eleição será realizada no próximo domingo (7) em todo pais. Serão escolhidos os próximos ocupantes dos cargos de presidente, vice-presidente, governador e vice, senador e deputados federais e estaduais.

CNT/MDA: Bolsonaro (28,2%) e Haddad (25,2%) registram empate técnico

Foto: Reprodução

Uma nova pesquisa eleitoral CNT/MDA mostra que o candidato Fernando Haddad, representante do ex-presidente Lula, voltou a subir, empatou tecnicamente com o extremista Jair Bolsonaro no primeiro turno, e o superou no segundo turno. O levantamento divulgado neste domingo (30) mostra Bolsonaro com 28,2% das intenções de voto e Haddad com 25,2% da preferência dos entrevistados. O empate técnico acontece porque a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Veja a intenção de voto estimulada para presidente:

Jair Bolsonaro (PSL): 28,2%
Fernando Haddad (PT): 25,2%
Ciro Gomes (PDT): 9,4%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7,3%
Marina Silva (Rede): 2,6% :: LEIA MAIS »

Bolsonaro é menino mimado; não aceita derrota, diz Alckmin

Foto: Reprodção / Agência Brasil

O candidato Geraldo Alckmin (PSDB) criticou o adversário Jair Bolsonaro (PSL) por ter dito que não aceitará o resultado da eleição se perder. “Bolsonaro é como menino mimado que, quando perde o jogo, pega a bola e vai embora”, disse neste sábado (29), na Lapa, em São Paulo. “É inacreditável. Ele se elegeu sete vezes deputado, e em todas elas a urna funcionou. Agora, se perder não funciona.” O tucano também condenou a sugestão de Fernando Haddad (PT) de redigir uma nova Constituição. “É um absurdo, porque você vai ficar um, dois anos discutindo uma nova Carta Magna, quando podemos em seis meses fazer quatro, cinco modificações que vão destravar a economia. O Brasil não pode perder tempo.” Ele apoiou manifestações de mulheres convocadas para este sábado contra Bolsonaro. “O Brasil tem uma grande dívida com as mulheres.”

Jair Bolsonaro recebe alta e deixa o Hospital Albert Einstein, em São Paulo

Jair Bolsonaro, acaba de deixar o Hospital Albert Einstein.

O candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, acaba de deixar o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, após 22 dias internado. De acordo com informações da instituição, ele recebeu alta por volta das 10h, almoçou no local e saiu pela lateral sem falar com a imprensa ou simpatizantes que aguardavam do lado de fora. O candidato segue, agora, rumo ao aeroporto de Congonhas em um carro acompanhado por batedores. No aeroporto pegará um voo, às 15 horas, com destino ao Rio de Janeiro.  Ainda neste sábado, 29, o presidenciável recebeu a visita do candidato do partido ao Senado, Major Olímpio. Segundo ele, Bolsonaro deve respeitar as recomendações médicas e fazer campanha nas ruas já nos próximos dias. :: LEIA MAIS »

Vice-presidente do STF suspende entrevista de Lula para o jornal Folha de São Paulo

Foto: Reprodução

A decisão do ministro Ricardo Lewandowski que autorizava uma entrevista do ex-presidente Lula para o jornal Folha de São Paulo foi suspensa pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal de Federal (STF). O pedido foi feito pelo Partido Novo contra a decisão de Lewandowski. Fux determinou que Lula não conceda entrevistas até que o colegiado do Supremo julgue o mérito desta ação, o que não tem data para ocorrer. Para o vice-presidente do STF, a entrevista com um candidato que teve o registro indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode causar “desinformação na véspera do sufrágio, considerando a proximidade do primeiro turno das eleições presidenciais”. Ainda pela decisão do ministro, caso Lula :: LEIA MAIS »

Macarani: Delano Miranda declara apoio ao deputado federal Josias Gomes

O deputado federal Josias Gomes (PT)

O deputado federal Josias Gomes (PT) recebeu, nesta terça (31), mais um importante apoio para às Eleições 2018. O empresário Delano Miranda, mais conhecido como ”Delano Móveis”, declarou apoio ao deputado Josias. ‘’Sinto-me muito feliz com o apoio desse valoroso empresário e amigo do povo‘’, agradeceu a deputado Josias Gomes.

”Vice não apita e atrapalha muito”, diz Bolsonaro sobre Mourão

Foto: Reprodução / Bolsonaro

Em sua primeira entrevista na TV depois de ter lavado uma facada no último dia 6, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (28), ao apresentador Luiz Datena, do “Brasil Urgente”, que o “vice geralmente não apita nada, mas atrapalha muito”, em referência às recentes declarações de seu vice na chapa do partido, o general Hamilton Mourão, que criticou o 13° salário, as férias e outros direitos trabalhistas. No hospital, o candidato falou que enviou uma ordem ao general depois da repercussão negativa sobre suas declarações pouco populares. “Falei, sim, para ele ficar quieto. Afinal de contas, está atrapalhando realmente”, reclamou. Na opinião de Bolsonaro, as frases de Mourão fora de contexto podem soar mal. “Realmente, ele tem as suas posições e as expõe, mas as consequências são medidas”, disse. Bolsonaro está internado desde o dia 7 de setembro no hospital Albert Einstein, na Zona Oeste de São Paulo. O presidenciável foi esfaqueado quando cumpria agenda em Juiz de Fora, na Zona da Mata, em Minas Gerais.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia