WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
biotipo farma luz delano yluz



Jovem sequestra ex-namorado para tentar reatar relacionamento

O crime aconteceu no município de Serrinha
O promotor de eventos Gésse da Anunciação, 29 anos, está preso em Serrinha acusado de sequestrar e manter em cárcere privado o  ex-namorado de 18 anos. Além do sequestro, a vítima teria sofrido abuso sexual. Durante a negociação com a polícia, o acusado se recusou a libertar o refém caso ele não concordasse em reatar o relacionamento dos dois.
A vítima, de prenome Murilo, foi sequestrada por um rapaz identificado como Luan Pires Oliveira, 19 anos, e um adolescente de 16 anos. A dupla foi contratada pelo promotor de eventos a fim de manter o ex-namorado dele em cárcere privado. Murilo foi abordada pelos jovens, que estavam armados, enquanto saia do trabalho, em um restaurante nas margens da BR-324, na região de Feira de Santana.Polícia Civil, o acusado de cometer o crime é o promotor de eventos Gésse da Anunciação, 29 anos, que durante a negociação com a polícia se recusou a libertar o refém caso ele não concordasse em reatar o relacionamento dos dois.
Luan e o adolescente levaram a vítima em um Fox branco com placa clonada para um sítio nas proximidades do Parque Trem da Alegria, na zona rural de Serrinha, onde Gésse da Anunciação esperava pelo ex.
O sequestro foi presenciado pelo chefe do jovem, que entrou em contato com a 1ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin/Feira de Santana). Os pais de Murilo informaram para a polícia que a família se mudou de Serrinha para Feira de Santana para afastar o filho do promotor de eventos, que insistia em retomar o relacionamento com o rapaz.
Familiares de Gésse forneceram o telefone celular do promotor para a polícia, que entrou em contato com o acusado. Durante a negociação do fim do sequestro, ele afirmou que só libertaria Murilo caso ele reatasse o relacionamento dos dois, que durou alguns anos.
Após ser convencido a se entregar pelo coordenador da 15ª Coorpin (Serrinha), que também colaborou com o caso, Gésse deixou o sítio e levou Murilo para a casa da família, onde a vítima foi resgatada. No sítio onde o jovem foi mantido refém, foram encontrados algemas, restos de alimentos e pedaços de velas utilizadas para iluminar o local durante a noite.
O promotor de eventos Gésse da Anunciação e o Luan Pires Oliveira foram presos em flagrante por sequestro, cárcere privado e estupro. Eles estão custodiados na Delegacia de Serrinha, mas devem ser transferidos para o Presídio Regional. Já o adolescente envolvido no crime foi apreendido e apresentado pela família no fórum local.
Tags: Sequestro, Serrinha

Jovem sequestra ex-namorado para tentar reatar relacionamento

O crime aconteceu no município de Serrinha
O promotor de eventos Gésse da Anunciação, 29 anos, está preso em Serrinha acusado de sequestrar e manter em cárcere privado o  ex-namorado de 18 anos. Além do sequestro, a vítima teria sofrido abuso sexual. Durante a negociação com a polícia, o acusado se recusou a libertar o refém caso ele não concordasse em reatar o relacionamento dos dois.
A vítima, de prenome Murilo, foi sequestrada por um rapaz identificado como Luan Pires Oliveira, 19 anos, e um adolescente de 16 anos. A dupla foi contratada pelo promotor de eventos a fim de manter o ex-namorado dele em cárcere privado. Murilo foi abordada pelos jovens, que estavam armados, enquanto saia do trabalho, em um restaurante nas margens da BR-324, na região de Feira de Santana.Polícia Civil, o acusado de cometer o crime é o promotor de eventos Gésse da Anunciação, 29 anos, que durante a negociação com a polícia se recusou a libertar o refém caso ele não concordasse em reatar o relacionamento dos dois.
Luan e o adolescente levaram a vítima em um Fox branco com placa clonada para um sítio nas proximidades do Parque Trem da Alegria, na zona rural de Serrinha, onde Gésse da Anunciação esperava pelo ex.
O sequestro foi presenciado pelo chefe do jovem, que entrou em contato com a 1ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin/Feira de Santana). Os pais de Murilo informaram para a polícia que a família se mudou de Serrinha para Feira de Santana para afastar o filho do promotor de eventos, que insistia em retomar o relacionamento com o rapaz.
Familiares de Gésse forneceram o telefone celular do promotor para a polícia, que entrou em contato com o acusado. Durante a negociação do fim do sequestro, ele afirmou que só libertaria Murilo caso ele reatasse o relacionamento dos dois, que durou alguns anos.
Após ser convencido a se entregar pelo coordenador da 15ª Coorpin (Serrinha), que também colaborou com o caso, Gésse deixou o sítio e levou Murilo para a casa da família, onde a vítima foi resgatada. No sítio onde o jovem foi mantido refém, foram encontrados algemas, restos de alimentos e pedaços de velas utilizadas para iluminar o local durante a noite.
O promotor de eventos Gésse da Anunciação e o Luan Pires Oliveira foram presos em flagrante por sequestro, cárcere privado e estupro. Eles estão custodiados na Delegacia de Serrinha, mas devem ser transferidos para o Presídio Regional. Já o adolescente envolvido no crime foi apreendido e apresentado pela família no fórum local.
Tags: Sequestro, Serrinha

Ladrão é preso e pede chupeta antes de dormir


Um jovem, de 21 anos, foi baleado e preso após roubar um bar em São Paulo. Ao ser internado para a retirada do projétil, o suspeito só conseguia dormir chupando chupeta.

A mãe levou o objeto até a delegacia e disse que o rapaz mantém o hábito desde pequeno.

Multa para quem dirigir alcoolizado passa para R$ 1.915,40

O projeto de lei que prevê medidas mais rigorosas para quem for flagrado dirigindo embriagado foi aprovado na terça-feira (18/12) pelo plenário do Senado. Pelo projeto, também passam a servir como prova a “perícia, o vídeo, testemunho ou outros meios de prova admitidos em direito”. Caso o condutor não concorde com o que for constatado, pode solicitar uma contraprova, como teste do bafômetro, por exemplo. Hoje, a infração só pode ser atestada por exame de sangue ou teste do bafômetro, que podem ser recusados pelo motorista suspeito de embriaguez ao volante. O projeto aprovado manteve os teores alcoólicos limitados pela lei. As mudanças no Código de Trânsito Brasileiro dobram a multa para quem for pego dirigindo com qualquer teor de álcool no sangue. A multa, que hoje é R$ 957,70, passa para R$ 1.915,40, e se o motorista for reincidente em um período 12 meses, ela dobra de valor. O crime de conduzir o veículo sob embriaguez só é constatado por uma concentração igual ou superior a 0,6 grama de álcool por litro de sangue.

INÉDITO: PRIMEIRA DAMA DE ITAPETINGA É “DIPLOMADA” NO LUGAR DO MARIDO

Aconteceu, na manhã desta terça-feira, a solenidade de entrega dos diplomas aos candidatos eleitos em 07 de outubro, em Itapetinga. Na concorrida solenidade, foram diplomados todos os vereadores e suplentes eleitos, o vice-prefeito Alécio Silva Chaves, além da primeira-dama Cida Moura, que recebeu o diploma em nome do seu esposo José Carlos Moura (PT), que faltou à diplomação alegando estar em Brasilia para participar de uma Audiência Pública que tratará das demissões da Azaléia.
Useiro e vezeiro na arte de ‘empurrar’ responsabilidades consideradas ‘intransferíveis’ para terceiros, o prefeito Zé Carlos certamente entrará para o anedotário político baiano, como o único candidato eleito a ‘transferir’ o diploma para a primeira dama.
Há quem sustente que o prefeito não compareceu por orientação da sua assessoria jurídica, como forma de evitar uma provável citação judicial relativa aos processos de cassação de registro, diploma e mandato eletivo, ajuizados nesta segunda-feira, pela oposição, na própria Justiça Eleitoral.
De qualquer forma, se ainda havia alguma dúvida sobre quem manda realmente na prefeitura, esta dúvida está totalmente sanada.
Por Davi Ferraz 

PREFEITO DE ANAGÉ TEM MANDATO CASSADO PELA CÂMARA MUNICIPAL

ANAGÉ: A Câmara Municipal de Anagé cassou o mandato do prefeito Elbson Dias Soares, o Bibi, em sessão ordinária realizada nesta terça-feira (18), segundo informações do Blog do Anderson. O vereador José Rui Oliveira Rocha (PCdoB) afirmou que o edital de convocação para sucessão será expedido imediatamente. Por seis votos a três, a cassação foi determinada. A maioria dos vereadores entendeu que houve crime de responsabilidade, descumprimento da Constituição Federal e Lei Orgânica Municipal, entre outras irregularidades. O presidente do Legislativo, Igor Macário (PCdoB), deve assumir o cargo de prefeito até o dia 31 de dezembro. Blog do Anderson

Ladrão é preso e pede chupeta antes de dormir


Um jovem, de 21 anos, foi baleado e preso após roubar um bar em São Paulo. Ao ser internado para a retirada do projétil, o suspeito só conseguia dormir chupando chupeta.

A mãe levou o objeto até a delegacia e disse que o rapaz mantém o hábito desde pequeno.

abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia