WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

AZALÉIA DIZ QUE NÃO VAI DEMITIR, MAS O TRANSPORTE PODERÁ SER CORTADO

Gerente da Azaléia Lauro Saldanha nega demissões em massa e fechamento da fábrica
ITAPETINGA: Durante toda a semana, travou-se uma enorme discussão na imprensa local a respeito da informação oriunda do Sindicato de Verdade, dando conta de uma provável demissão em massa na Azaleia, especulando-se, inclusive, que a fábrica estaria prestes a encerrar as suas atividades em Itapetinga.
O desmentido da Azaléia não tardou a chegar, através do gerente Lauro Saldanha, que garantiu a permanência da fábrica na região e que não haverá demissões.
Entretanto, uma outra informação a respeito do corte do transporte de funcionários que residem em outros municípios não foi descartada pela empresa, o que poderá criar uma situação extremamente desumana, forçando os trabalhadores que residem em outras cidades da região a se virarem, ou pedirem para sair. Quem quiser continuar trabalhando da fábrica, terá que rebolar para chegar ao trabalho ou se mudar para Itapetinga.
Na prática, a Azaléia está dando, de forma indireta, um tremendo pé no traseiro dos operários de Itororó, Itambé e outras cidades, que são conduzidos diariamente pela empresa de ônibus Transnacional, cujos motoristas já estão de aviso-prévio. Estima-se que cerca de 2 mil funcionários de cidades vizinhas estejam nesta verdadeira sinuca.
É demissão em massa ou não é?
Por Davi Ferraz

MACARANI: CARGA DE MADEIRA FURTADA RECUPERADA PELA POLÍCIA

Policiais civis de Macarani, no dia de ontem (15), apreenderam uma carga de madeira que tinha sido furtada do interior de uma fazenda, naquela região.De acordo com o Delegado Irineu Andrade, a recuperação ocorreu depois que o veículo usado no transporte foi identificado por imagens de câmeras instaladas na cidade.

CONTA DE LUZ AGORA TEM TAXA DE INCÊNDIO NA BAHIA

O governo do Estado iniciou uma cobrança da Taxa de Combate a Incêndios na Bahia, com o objetivo de aparelhar e modernizar o Corpo de Bombeiros. Criada pela Lei 14.251 de 2012, a taxa será cobrada na conta de energia, sob cálculo feito através do consumo total do ano anterior. A taxa será destinada a contribuintes estabelecidos em cidades que possuem Unidades de Bombeiro Militar.

De acordo com informações da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), divulgadas no fac-simile da cobrança “a cada 100 Kwh consumido é devido o valor de R$ 0,50 no caso dosimóveis residenciais e R$ 0,90 no caso de imóveis não residenciais. São isentos os consumidores pessoas jurídica com consumo anual de até 12.000 Kwh”, explica a secretaria. Ainda no fac-simile é informado que o valor anual pode ser parcelado em até três vezes. Para pagamento parcelado o contribuinte deverá acessar o site da Sefaz ou ligar para 0800 071 0071.
Aprovada em dezembro do ano passado, especialistas defendem a importância da cobrança já realizada em outros estados como Rio de Janeiro, Alagoas, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Paraíba e São Paulo e Sergipe. Apesar disso, tributaristas alertam para a irregularidade da cobrança, já que as taxas de serviço apenas devem ser criadas para remunerar os denominados serviços específicos e divisíveis.  O combate a incêndios é oferecido em favor de toda a população, não só dos consumidores de energia elétrica.
Além disso, de acordo com o economista Paulo Dantas, torna-se inconstitucional a cobrança de duas taxas a partir da mesma base de cálculo, uma vez que a taxa de iluminação pública já é calculada através da conta de energia. “Se a cobrança fosse feita por outra base de cálculo estaria tudo bem, mas com a mesma da iluminação pública não pode”, garante, ressaltando que a taxação ocorre em desfavor da população. “Quando o poder público cobra uma taxa, esta é uma prestação de serviço. Estimo que 95% da população não precisa dos bombeiros e mesmo assim pagarão esta taxa”, disse.
Em entrevista coletiva nos estúdios da Rede Baiana de Rádio (RBR), na Andaiá FM, o governador do Estado, Jacques Wagner, disse que considera a taxa legal. “É normal. No Brasil inteiro se cobra a taxa de incêndio, que é fixa e se paga por unidade habitacional, variando com a estrutura do imóvel. Isso é para poder melhorar a estrutura do Corpo de Bombeiros”, justificou.

HORÁRIO DE VERÃO ALTERA EXPEDIENTE BANCÁRIO A PARTIR DE SEGUNDA

O horário de verão começa à zero hora deste domingo (20), e termina à zero hora de 16 de fevereiro. Na madrugada deste sábado (19) para domingo, moradores dos Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País devem adiantar os relógios em uma hora.
Embora o Estado da Bahia fique de fora do horário de verão, alguns serviços, como os de bancos, por exemplo, terão os seus horários modificados, para se adequarem ao horário oficial de Brasília. Assim, os bancos na Bahia abrirão uma hora antes do horário convencional.
Em Itapetinga e região, as agências bancárias abrem às 9h, a partir da próxima segunda-feira, e fecham às 14h.

CONTA DE LUZ AGORA TEM TAXA DE INCÊNDIO NA BAHIA

O governo do Estado iniciou uma cobrança da Taxa de Combate a Incêndios na Bahia, com o objetivo de aparelhar e modernizar o Corpo de Bombeiros. Criada pela Lei 14.251 de 2012, a taxa será cobrada na conta de energia, sob cálculo feito através do consumo total do ano anterior. A taxa será destinada a contribuintes estabelecidos em cidades que possuem Unidades de Bombeiro Militar.

De acordo com informações da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz), divulgadas no fac-simile da cobrança “a cada 100 Kwh consumido é devido o valor de R$ 0,50 no caso dosimóveis residenciais e R$ 0,90 no caso de imóveis não residenciais. São isentos os consumidores pessoas jurídica com consumo anual de até 12.000 Kwh”, explica a secretaria. Ainda no fac-simile é informado que o valor anual pode ser parcelado em até três vezes. Para pagamento parcelado o contribuinte deverá acessar o site da Sefaz ou ligar para 0800 071 0071.
Aprovada em dezembro do ano passado, especialistas defendem a importância da cobrança já realizada em outros estados como Rio de Janeiro, Alagoas, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Paraíba e São Paulo e Sergipe. Apesar disso, tributaristas alertam para a irregularidade da cobrança, já que as taxas de serviço apenas devem ser criadas para remunerar os denominados serviços específicos e divisíveis.  O combate a incêndios é oferecido em favor de toda a população, não só dos consumidores de energia elétrica.
Além disso, de acordo com o economista Paulo Dantas, torna-se inconstitucional a cobrança de duas taxas a partir da mesma base de cálculo, uma vez que a taxa de iluminação pública já é calculada através da conta de energia. “Se a cobrança fosse feita por outra base de cálculo estaria tudo bem, mas com a mesma da iluminação pública não pode”, garante, ressaltando que a taxação ocorre em desfavor da população. “Quando o poder público cobra uma taxa, esta é uma prestação de serviço. Estimo que 95% da população não precisa dos bombeiros e mesmo assim pagarão esta taxa”, disse.
Em entrevista coletiva nos estúdios da Rede Baiana de Rádio (RBR), na Andaiá FM, o governador do Estado, Jacques Wagner, disse que considera a taxa legal. “É normal. No Brasil inteiro se cobra a taxa de incêndio, que é fixa e se paga por unidade habitacional, variando com a estrutura do imóvel. Isso é para poder melhorar a estrutura do Corpo de Bombeiros”, justificou.

HORÁRIO DE VERÃO ALTERA EXPEDIENTE BANCÁRIO A PARTIR DE SEGUNDA

O horário de verão começa à zero hora deste domingo (20), e termina à zero hora de 16 de fevereiro. Na madrugada deste sábado (19) para domingo, moradores dos Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País devem adiantar os relógios em uma hora.
Embora o Estado da Bahia fique de fora do horário de verão, alguns serviços, como os de bancos, por exemplo, terão os seus horários modificados, para se adequarem ao horário oficial de Brasília. Assim, os bancos na Bahia abrirão uma hora antes do horário convencional.
Em Itapetinga e região, as agências bancárias abrem às 9h, a partir da próxima segunda-feira, e fecham às 14h.

MACARANI: POLICIA INVESTIGA FURTO DE PÊLOS DE ANIMAIS

Agentes da delegacia da cidade de Macarani, no sudoeste do estado,  sob o comando do delegado Irineu Andrade,  estão investigando  um furto pra lá de inusitado.De acordo com as investigações,   pêlos dos cavalos do Parque de Exposições da cidade estão sendo cortados e furtados.  Embora negue o crime, a polícia já tem um suspeito e continua investigando o caso.
Motivo:
Rações  são usadas para alimentar os animais do parque  e pássaros  de diversas espécies  acabam se aglomerando no local.  O acusado tentou capturar as aves, mas foi impedido   pelos funcionários do parque.  Chateado, ele começou a praticar o crime, cortando e furtando os pêlos dos cavalos.  Esse pode ter sido o motivo do crime, de acordo com a polícia.  Veja as fotografias…  Por Bahiaurgente.com

 

Pelos de cauda e da crina de cavalos são cortados e furtados em Macarani

Pelos da cauda e da crina de cinco cavalos do Parque de Exposições da cidade de Macarani, no sudoeste da Bahia, foram cortados e furtados. Segundo informações da delegacia de polícia local, o material foi encontrado na casa de um homem que criava pássaros na região. O crime ocorreu no domingo (13), mas as informações só foram divulgadas nesta sexta-feira (18).

“Nós já identificamos um suspeito, que é criador de pássaros. Todos esse material foi encontrado na casa dele. A gente está apurando ainda, mas já temos duas hipóteses: uma de que ele fez isso por vingança, porque foi proibido de entrar no Parque de Exposições para pegar pássaros, e outra de que ele pegou esse material para confeccionar ninhos”, relata o delegado Irineu Andrade, que investiga o caso.O suspeito foi ouvido na terça-feira (15) e liberado porque não houve flagrante. Segundo o delegado, ele negou o crime.“Ele deve ser indiciado por furto e talvez por crueldade contra animais. Os animais ficaram muito estressados, muito agitados”, conclui o delegado.

Criador de pássaros é suspeito de ter cometido crime em Macarani.

Segundo delegado, material teria sido roubado para confecção de ninhos.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia