ITAPETINGA: CANTORA GOSPEL FOI SURPREDIDA POR ESPOSA DE AMANTE EM MOTEL E APANHOU TANTO QUE DEFECA NO LOCAL

Daiane de Oliveira Ataíde, 28 anos, levou uma tremenda surra e ficou nua no meio da rua, perto da estação rodoviária de Itabuna, É que a esposa de um conhecido terapeuta da cidade flagrou, pela segunda vez, o marido dela levando a amante para um motel nas imediações do Itão. O médico, ao perceber a chegada da esposa, tratou de fugir do motel, correndo com a amante em direção a rodoviária, mas ambos foram alcançados pela mulher traída. 
A ´outra´ apanhou tanto, levou tanta porrada, que defecou alí mesmo, pra todo mundo ver. Muito ferida, Daiane foi levada para o Hospital de Base, onde recebeu os primeiros socorros. Mas foi orientada pelos familiares para voltar imediatamente para Itarantim, sua cidade natal, temendo que a mulher traída invadisse o hospital e tentasse contra a vida dela, outra vez. Detalhe: todos são evangélicos e participam de uma banda gospel na mesma igreja. Daine é conhecida em Itapetinga no meio gospel, sua familia reside na Nova Itapetinga. O Tribuna de Itapetinga teve acesso a foto, mas vamos manter a ética e presevar a imagem da Daiane.
Tribuna de Itapetinga

ITORORÓ: PREFEITO MARCO BRITO SOFRE DERROTA NO TSE, OPOSIÇÃO SE ANIMA PARA NOVA ELEIÇÃO

Nesta quinta-feira os Ministros do Tribunal Superior Eleitoral proveu agravo regimental no processo que tem como réu o prefeito de Itororó, Marco Brito (PMDB).
Segundo informações, o relator do processo, Ministro Marco Aurélio, foi voto vencido, os Ministros deram provimento o recurso do Procurador, que pede a impugnação de Marco Brito,  por conta da “Ficha Suja.
O Tribunal, por maioria, proveu o agravo regimental, nos termos do voto do Ministro Dias Toffoli, que redigirá o acórdão. Votaram com o Ministro Dias Toffoli a Ministra Laurita Vaz e os Ministros Castro Meira, Henrique Neves da Silva, Luciana Lóssio e Cármen Lúcia (presidente).
Vale lembrar que no início de abril este blog publicou uma matéria sobre o processo de Marco Brito no Tribunal Superior Eleitoral.

Ainda existe dúvida sobre o futuro político da cidade, por isso é importante a publicação do acórdão. Mas nos meios políticos o ex-prefeito Adroaldo Almeida (PT), tem pretensão de ser candidato a prefeito, se caso tiver outra eleição.
Porém, o grupo oposicionista está a procura de um candidato (a), que possa unir toda a oposição. Segundo informações, a ex-secretária de educação Claudia Pinheiro (PV), foi sondada, na hipótese ela teria como vice Cristina Almeida(PT) (esposa de Adroaldo).
Essa articulação poderá contar com o apoio do PSB, PDT, PTB, PSOL, PRB, grande ala do PT, PSL e PT do B
informações: politicosdosuldabahia

FERIADO EVITA TRAGÉDIA EM BARRA DO CHOÇA: TETO DE ESCOLA DESABA

A direção da Escola Estadual Dária Viana de Queiroz, no município baiano de Barra do Choça, a 524 km de Salvador, levou um grande susto, na manhã desta quinta-feira (2),  ao encontrar o teto de uma das salasde aula no chão.O telhado da sala 4 desabou na quarta-feira (1º). Felizmente, em razão do feriado do Dia do Trabalhador, não havia ninguém na escola.De acordo com o diretor Saturnino Barbosa, ninguém ouviu o barulho do desabamento. Ele informa que já entrou em contato com o Engenheiro da Diretoria Regional de Educação (Direc) e da prefeitura municipal para tentar esclarecer as causas do desabamento e tomar as devidas precauções para evitar uma tragédia. As aulas foram suspensas nesta quinta-feira (2).
Varela Notícias

ITAPETINGA: MATADOURO MUNICIPAL DE SUÍNOS É UMA CARNIÇA SÓ

O Abatedouro Municipal de Suínos de Itapetinga, localizado nas proximidades da ponte de Zé Dias, se encontra em total abandono e em péssimas condições de uso e higiene. Segundo informações de pessoas que trabalham no local, o matadouro de suínos foi alugado pela prefeitura por cerca de R$ 3,5 mil a R$ 4 mil mensais e entregue aos magarefes e açougueiros, com o município arcando ainda com os custos de um zelador, que sequer frequenta o setor de trabalho, vigilantes e administradores, que por lá nunca aparecem.
Durante a excelente reportagem do G1 Cidade, os profissionais que lá se encontravam não quiseram comentar sobre o assunto, mas alguns acabaram admitindo que se sentem prejudicados com a falta de respeito que a administração vem tendo com a classe e até envergonhados diante da população itapetinguense, que consome a carne dos animais abatidos naquelas condições.
Os animais são abatidos no chão, próximo ao esgoto e praticamente ao ar livre, sem nenhuma higiene ou preocupação com as normas sanitárias, com a presença inevitável de urubus e outros animais. O local onde fica o vigia é desumano, com sanitários destruídos e imundice por todo lado.  Os açougueiros e magarefes sofrem há muito tempo com essa situação e reclamam por um local apropriado para o abate, onde haja higiene e condições sanitárias satisfatórias, como  merecem os consumidores da carne suína em Itapetinga.
Abram os olhos, tapem o nariz e confiram as fotos:
Fotos G1 Cidade

MINISTÉRIO DAS CIDADES ABRE CONCURSO COM 130 VAGAS E SALÁRIOS ATÉ R$ 4 MIL

O Ministério das Cidades divulgou nesta quinta-feira (2), o edital do concurso público para 130 vagas em cargos de nível médio/técnico e superior. Do total de oportunidades, 80 são para o nível médio e 50 para os graduados, sendo que 8 vagas são reservadas para pessoas com deficiência. 

Os salários variam de R$ 2.153,22 a R$ 4.834,22 e já incluem o auxílio-alimentação de R$373 e se referem a carga de 40 horas semanais. Os convocados serão lotados em Brasília, onde fica a sede do ministério. As inscrições poderão ser feitas a partir das 10h da próxima segunda (6) até o dia 27 deste mês, no site da Cetro Concursos, organizadora da seleção. As provas objetiva e discursiva (esta somente para cargos de nível superior) serão aplicadas somente em Brasília, em 14 de julho. O concurso terá validade inicial de dois anos, podendo ser prorrogada uma única vez e pelo mesmo período. A taxa de inscrição é de R$39 para nível médio e R$49 para nível superior.

iBahia

Projeto que proíbe animais em rituais do candomblé gera polêmica no meio religioso

O projeto que visa proibir o sacrifício de animais em rituais realizados pelos terreiros de candomblé, apresentado pelo vereador Marcell Moraes (PV), vem causando muita polêmica no meio religioso e também na Câmara Municipal de Salvador. De acordo com o projeto, o objetivo é substituir os animais por plantas e frutas durante as rezas.


Em entrevista ao iBahia, Marcell disse que toda polêmica criada contra o seu projeto é para atender a interesse pessoais. Segundo ele, o que está acontecendo é falta de informação e muita politicagem, alegando que alguns vereadores querem ganhar espaço, agregando o movimento do candomblé contra o seu projeto.

O vereador ressaltou que não é contra a religião e sim a favor dos animais. “Eu fui eleito para defender os animais e vou fazer isso até o último dia do meu mandato. Eu não sou contra a religião, as pessoas estão totalmente desinformadas”, criticando a suposta manifestação de representantes das religiões e matrizes africanas programada para a próxima segunda-feira (6) na frente da Câmara. 

Segundo Ordep Serra, todos os animais sacrificados nos rituais são consumidos pelos que participam da festa, só que a diferença para um restaurante, por exemplo, é que é feita uma reza para oferecer aos orixás. “Não é um ato bárbaro. Os animais são consumidos por quem comparece, só que é proferido aos orixás”, explicou.

Questionado sobre a tradição dos rituais do candomblé, o vereador disse que o mundo evoluiu e as religiões devem fazer o mesmo. “As religiões têm que se adaptar ao novo século, a evolução do ser humano. O povo acha certo que uma mulher seja morta a pedradas por trair o marido como acontece no Oriente Médio? Então, tem tradições que devem ser quebradas”, acrescentou.

Leia também:

O antropólogo salientou que já frequentou dezenas de terreiros, no qual já participou de diversos rituais e em nenhum deles é presenciado por criança, como foi especulado pelo vereador. Segundo ele, o sacrificador é uma pessoa preparada e todo sacrifício é feito reservadamente.


Quem também demonstrou insatisfação com o projeto foi o vereador Sílvio Humberto, que disse se tratar de uma intolerância e que fere o direito à liberdade de culto religioso. Segundo Sílvio, numa cidade como Salvador, que valoriza a cultura negra, o projeto não deveria nem ser colocado em pauta. 

Guerra dentro do PV

O projeto também criou polêmica entre os integrantes do Partido Verde, no qual o vereador Marcell Moraes é filiado. Na última terça-feira (30), o presidente do PV em Salvador, Luiz Araújo, enviou uma nota à imprensa informando que o partido é contra o projeto apresentado por Marcell.

NOTA DO PARTIDO VERDE SALVADOR

O Partido Verde vem a publico expressar através de sua instância colegiada que preza pelo respeito à toda forma de culto religioso e espiritual, entendendo que cada um segue rituais litúrgicos compatíveis com suas crenças. 

Surpresos com o projeto de lei apresentando pelo Vereador Marcell Moraes, filiado ao PV, que aborda a liturgia das religiões de matriz africana declaramos que este tema não foi objeto de debate em nossa instância partidária, tratando-se de um ato isolado e exclusivo do  vereador, não possuindo nenhum amparo político do Partido Verde para tal iniciativa.

Tal projeto não expressa o pensamento nem a ação do Partido Verde. As religiões de matriz africana tecem desde os ancestrais, uma relação de respeito à natureza, bem como sempre foram aliadas na preservação de áreas verdes.

Em contrapartida, Marcell recriminou a atitude do presidente e disse que vai solicitar a sua saída do partido junto ao presidente nacional. “O presidente municipal mandou uma nota infeliz. Eu tenho uma reuniaõ hoje com o presidente nacional (José Luis Penna – SP) para pedir a retirada dele do partido ou posiocionamento firme. Luís está querendo aparecer”, enfatizou.

Segundo Marcell, a nota que foi enviada é de cunho pessoal de Luiz e que não houve nenhuma reunião com outros membros do partido antes de fazer o pronunciamento. O vereador informou também que já tem apoio de alguns membros do partido que são superiores ao presidente municipal. 

Matéria original: iBahia

FERIADO EVITA TRAGÉDIA EM BARRA DO CHOÇA: TETO DE ESCOLA DESABA

A direção da Escola Estadual Dária Viana de Queiroz, no município baiano de Barra do Choça, a 524 km de Salvador, levou um grande susto, na manhã desta quinta-feira (2),  ao encontrar o teto de uma das salasde aula no chão.O telhado da sala 4 desabou na quarta-feira (1º). Felizmente, em razão do feriado do Dia do Trabalhador, não havia ninguém na escola.De acordo com o diretor Saturnino Barbosa, ninguém ouviu o barulho do desabamento. Ele informa que já entrou em contato com o Engenheiro da Diretoria Regional de Educação (Direc) e da prefeitura municipal para tentar esclarecer as causas do desabamento e tomar as devidas precauções para evitar uma tragédia. As aulas foram suspensas nesta quinta-feira (2).
Varela Notícias

ITAPETINGA: MATADOURO MUNICIPAL DE SUÍNOS É UMA CARNIÇA SÓ

O Abatedouro Municipal de Suínos de Itapetinga, localizado nas proximidades da ponte de Zé Dias, se encontra em total abandono e em péssimas condições de uso e higiene. Segundo informações de pessoas que trabalham no local, o matadouro de suínos foi alugado pela prefeitura por cerca de R$ 3,5 mil a R$ 4 mil mensais e entregue aos magarefes e açougueiros, com o município arcando ainda com os custos de um zelador, que sequer frequenta o setor de trabalho, vigilantes e administradores, que por lá nunca aparecem.
Durante a excelente reportagem do G1 Cidade, os profissionais que lá se encontravam não quiseram comentar sobre o assunto, mas alguns acabaram admitindo que se sentem prejudicados com a falta de respeito que a administração vem tendo com a classe e até envergonhados diante da população itapetinguense, que consome a carne dos animais abatidos naquelas condições.
Os animais são abatidos no chão, próximo ao esgoto e praticamente ao ar livre, sem nenhuma higiene ou preocupação com as normas sanitárias, com a presença inevitável de urubus e outros animais. O local onde fica o vigia é desumano, com sanitários destruídos e imundice por todo lado.  Os açougueiros e magarefes sofrem há muito tempo com essa situação e reclamam por um local apropriado para o abate, onde haja higiene e condições sanitárias satisfatórias, como  merecem os consumidores da carne suína em Itapetinga.
Abram os olhos, tapem o nariz e confiram as fotos:
Fotos G1 Cidade