Fotos (Divulgação / Seinfra) – Itambé – Tomb

O médio sudoeste da Bahia é a região onde estão localizados os municípios como Itapetinga, Iguaí e Itambé e que se destaca pela produção agrícola e a pecuária. Com isso, as rodovias passam a ter papel importante para o escoamento da produção local. Para contribuir no desenvolvimento econômico do estado, a Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) realiza a recuperação em aproximadamente 82 km de rodovias na região.

 A restauração e a pavimentação nos cerca de 37 km da rodovia que liga Iguaí a Ponto do Astério está em fase de finalização. A previsão de conclusão é neste mês de agosto. Outra obra que está próxima de ser finalizada é a recuperação e pavimentação de 24 quilômetros da BA-634, entre Itambé e Tomba. As intervenções estão em 93% de execução e devem ser concluídas no mês de setembro.
No médio sudoeste baiano, também está em andamento com 40% de execução a recuperação em mais de 15 km da BA-270, entre Macarani e Mangerona. Mais um serviço sendo feito com 90% já concluído é a pavimentação em cerca de 6 quilômetros da BA-263, que liga a Rodoviária de Itapetinga ao entroncamento da BA-263. Ambas previstas para serem finalizadas até o fim de setembro.

“Em breve, a BA-270, entre Maiquinique ao trevo de Mangerona, vai passar por restauração. A Seinfra fez a contratação da empresa para elaborar o projeto para a realização da obra em 23 quilômetros da rodovia”, ressalta Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura. Além disso, as manutenções estão sendo feitas na BA-263, entre Itapetinga e Mangerona e de Itambé a Itapetinga, na BA-270, que liga Potiraguá a Itarantim, e na BA-646, entre Caatiba e a BA-263.