Gustavo Bebianno. Foto: Reprodução/Internet

O presidente Jair Bolsonaro decidiu exonerar o ministro Gustavo Bebiano do cargo. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (18) pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros. Ele afirmou que “o motivo da exoneração do ministro Bebianno é de foro intimo do nosso presidente”. A decisão acontece após uma crise provocada pela divulgação de supostos candidatos laranjas do PSL na eleição do último ano. Bebianno seria o responsável pelo repasse de recursos aos concorrentes. Em nota divulgada na última semana, ele negou ter destinado verbas para candidaturas laranjas