Nesta quarta-feira, 24, a Prefeitura de Itapetinga devolveu à sociedade, totalmente restaurados, os principais monumentos da Praça Dairy Valley. Ao cair da tarde, a população se reuniu para resgatar cultura e tradição. A vaca Rainha, o touro Soberano e o bezerro Guri, animais do plantel do então prefeito José Vaz Espinheira, serviram de modelo para o famoso artista plástico Manoel Bonfim esculpir os maiores símbolos da nossa economia, a maior marca da nossa cidade.

Em dezembro do ano passado, preocupada com a preservação do patrimônio histórico cultural, a prefeitura de Itapetinga, através da Secretaria de Educação e Cultura, contratou o artista itapetinguense Jorge Alves para restaurar os monumentos e, em um trabalho criterioso e técnico, Jorge devolveu originalidade e beleza às obras que hoje estão sendo devolvidas à sociedade.

Representando o departamento de cultura do município, Antonio Maciel, falou sobre a importância histórica dos monumentos, o trabalho criterioso de Jorge Alves e o grande valor daquele momento para Itapetinga.
Ao receber merecido destaque no evento, o artista plástico Jorge Alves contou sobre as dificuldades de execução, as consequências de intervenções mal feitas, com profissionais não capacitados. Segundo ele, os animais, ocos, estavam com graves infiltrações, com resquícios de durepox e arames de outras “restaurações”.

Feliz com o resultado e com o trabalho de resgate de cultura que a prefeitura tem conseguido fazer, o secretário de Educação e Cultura, Geraldo Trindade, falou sobre a importância daquele momento: “Desde 1963 essas esculturas marcam Itapetinga, nos representam e precisam continuar nos representando com dignidade”. Por isso, segundo o secretário, o trabalho de resgate cultural foi bem feito, de forma criteriosa e com técnica.

Ao devolver às obras à comunidade, o prefeito Rodrigo Hagge disse-se encantando com o trabalho de Jorge, de profunda pesquisa e rico em referências. O prefeito, que ao chegar ao evento sentiu-se alegre com o clima de alegria e contentamento contagiava a praça, garantiu que iria manter a energia, trazendo o povo às ruas, valorizando os artistas da terra, devolvendo o orgulho de ser itapetinguense. “Esse trabalho de resgate vai permanecer durante todo o ano. Nós vamos resgatar os nossos monumentos e, principalmente, a nossa identidade cultural, a nossa raiz principal. Capital da Pecuária, Terra Firme e Gado Forte. Nós vamos avançar em cultura como estamos avançando em todos os outros setores”, garantiu o prefeito Rodrigo Hagge.  A Prefeitura de Itapetinga acredita na importância da valorização de sua história, na identificação de suas raízes econômicas e na concretização de uma identidade cultural forte que valorize seu povo.

Secom/PMI