Homens que escovam os dentes com regularidade estão menos propensos a sofrer de disfunção erétil. É o que concluiu uma pesquisa da Universidade Inonu, na Turquia.  Segundo o estudo, os que sofrem de gengivas inflamadas são três vezes mais propensos a ter problemas para ficar excitado, noticiou nesta quarta-feira (5) o jornal O Globo. Ao todo, 80 homens com o problema, entre 30 e 40 anos, participaram da pesquisa, assim como um grupo de controle de 82 homens sem problemas de ereção.
No grupo dos que tinham a disfunção, 53% tinham gengivas inflamadas, em comparação com 23% no grupo de controle. “A disfunção erétil é um problema de saúde pública que afeta a qualidade de vida de cerca de 150 milhões de homens e seus parceiros em todo o mundo”, disse o doutor Faith Oguz, da Universidade Inonu, ao jornal El Mundo, da Espanha. Ainda de acordo com O Globo, o pesquisador explica que problemas psicológicos, como estresse emocional e depressão, estão entre as causas de disfunção erétil, mas fatores físicos causam quase dois terços dos casos.  (Bahia Notícias)