Foto: Divulgaçao

Durante as Festas Juninas aumentam o número de ocorrências relacionadas a queimaduras por manuseio inadequado de fogos de artifício. É comum, inclusive, acidentes envolvendo crianças. O risco vai além de queimaduras, alguns fogos mais pesados podem causar lacerações ou até mutilações nos dedos e nas mãos. Existem diversos fogos que chamam a atenção das crianças pela sua coloração e outros que são voltados para o público infantil, porém isso não significa que são elas que devam soltá-los. O ideal é que a criança esteja sempre acompanhada pelos pais e/ou responsáveis e, na maior parte dos casos, que eles manuseiem o material. eja alguns cuidados que podem ajudar a aproveitar o São João com segurança: 1- Só compre fogos em locais autorizados: fogos de artifício clandestinos geralmente não são testados e não possuem orientações do fabricante na embalagem; 2- Observar as classificações e tipos de fogos: antes de comprar verifique a classe e o tipo adequado para a pessoa que irá manusear, pois ocorrendo divergência dessa observação, acidentes podem facilmente acontecer; 3- Siga as orientações do fabricante: o vendedor também pode fornecer orientações adicionais no momento da compra; 4 – Nunca deixe crianças soltar fogos sozinhas: sempre acompanhe seus filhos quando forem soltar fogos, oriente sobre os perigos e manuseie os mais perigosos; 5 – Em caso de falha, não tente reutilizar o produto: jogue água sobre o pavio por segurança; 6 – Em caso de queimadura, colocar apenas água fria(quando a área atingida for pequena) ou pano úmido (quando a área atingida for grande): e desloque-se imediatamente para o pronto-socorro. Lembrando que água fria não significa água gelada e sim, em temperatura ambiente; 7 – Ao guardar fogos em casa, mantenha-os em local seco, longe de fogões, isqueiros e do acesso de crianças.