WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
nota premiada

:: ‘Brasil’

Bolsonaro é menino mimado; não aceita derrota, diz Alckmin

Foto: Reprodção / Agência Brasil

O candidato Geraldo Alckmin (PSDB) criticou o adversário Jair Bolsonaro (PSL) por ter dito que não aceitará o resultado da eleição se perder. “Bolsonaro é como menino mimado que, quando perde o jogo, pega a bola e vai embora”, disse neste sábado (29), na Lapa, em São Paulo. “É inacreditável. Ele se elegeu sete vezes deputado, e em todas elas a urna funcionou. Agora, se perder não funciona.” O tucano também condenou a sugestão de Fernando Haddad (PT) de redigir uma nova Constituição. “É um absurdo, porque você vai ficar um, dois anos discutindo uma nova Carta Magna, quando podemos em seis meses fazer quatro, cinco modificações que vão destravar a economia. O Brasil não pode perder tempo.” Ele apoiou manifestações de mulheres convocadas para este sábado contra Bolsonaro. “O Brasil tem uma grande dívida com as mulheres.”

Vice-presidente do STF suspende entrevista de Lula para o jornal Folha de São Paulo

Foto: Reprodução

A decisão do ministro Ricardo Lewandowski que autorizava uma entrevista do ex-presidente Lula para o jornal Folha de São Paulo foi suspensa pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal de Federal (STF). O pedido foi feito pelo Partido Novo contra a decisão de Lewandowski. Fux determinou que Lula não conceda entrevistas até que o colegiado do Supremo julgue o mérito desta ação, o que não tem data para ocorrer. Para o vice-presidente do STF, a entrevista com um candidato que teve o registro indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode causar “desinformação na véspera do sufrágio, considerando a proximidade do primeiro turno das eleições presidenciais”. Ainda pela decisão do ministro, caso Lula :: LEIA MAIS »

”Vice não apita e atrapalha muito”, diz Bolsonaro sobre Mourão

Foto: Reprodução / Bolsonaro

Em sua primeira entrevista na TV depois de ter lavado uma facada no último dia 6, o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta-feira (28), ao apresentador Luiz Datena, do “Brasil Urgente”, que o “vice geralmente não apita nada, mas atrapalha muito”, em referência às recentes declarações de seu vice na chapa do partido, o general Hamilton Mourão, que criticou o 13° salário, as férias e outros direitos trabalhistas. No hospital, o candidato falou que enviou uma ordem ao general depois da repercussão negativa sobre suas declarações pouco populares. “Falei, sim, para ele ficar quieto. Afinal de contas, está atrapalhando realmente”, reclamou. Na opinião de Bolsonaro, as frases de Mourão fora de contexto podem soar mal. “Realmente, ele tem as suas posições e as expõe, mas as consequências são medidas”, disse. Bolsonaro está internado desde o dia 7 de setembro no hospital Albert Einstein, na Zona Oeste de São Paulo. O presidenciável foi esfaqueado quando cumpria agenda em Juiz de Fora, na Zona da Mata, em Minas Gerais.

Ricardo Lewandowski, do STF, autoriza Folha a entrevistar Lula na prisão

Foto: Divulgação/ STF

O despacho é desta sexta-feira (28) em uma reclamação feita pelo jornal, que argumentou ao STF que uma decisão da 12ª Vara Federal em Curitiba que negou a permissão para a entrevista impôs censura à atividade jornalística e mitigou a liberdade de expressão, em afronta a decisão anterior do Supremo. “Não há como se chegar a outra conclusão, senão a de que a decisão reclamada [da Justiça em Curitiba], ao censurar a imprensa e negar ao preso o direito de contato com o mundo exterior, sob o fundamento de que ‘não há previsão constitucional ou legal que embase direito do preso à concessão de entrevistas ou similares’, viola frontalmente o que foi decidido na ADPF 130/DF”, escreveu o ministro. :: LEIA MAIS »

Haddad cresceu 381% em buscas do Google nesta semana

Foto: Ricardo Stuckert/Partido dos Trabalhadores

Segundo colocado nos levantamentos realizados sobre intenções de voto, atrás de Jair Bolsonaro (PSL), o candidato a presidente Fernando Haddad (PT) é o mais pesquisado no Google nesta semana, em relação a primeira do mês. Conforme a colunista Marina Caruso, do jornal O Globo, o petista cresceu 381% nas buscas através da ferramenta, associadas com a palavra “fez”. O segundo mais procurado no ranking do site de buscas é o presidenciável Cabo Daciolo (Patriota), com 185%. Na terceira posição, surge João Goulart Filho, com 148%. Bolsonaro (PSL) é apenas o nono na lista e Guilherme Boulos (PSOL) caiu 26%.

Itapetinga: Devido a maus-tratos, MP proíbe confinamento de jumentos em frigorífico

Foto: Divulgação

A Vara da Fazenda Pública de Itapetinga, município localizado no sudoeste do estado, determinou que o Frigorífico Regional Sudoeste e a empresa Cuifeng Lin estão proibidos de transportar e confinar jumentos acima da capacidade de abate por parte do frigorífico, por causa de maus tratos.A decisão foi dada na sexta-feira (21) pelo juiz Alerson do Carmo Mendonça. Ele determinou também que o frigorífico não deverá receber animais sem a Guia de Trânsito Animal (GTA), emitida pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), e que as duas empresas deverão providenciar o bem-estar dos animais. :: LEIA MAIS »

Bolsonaro perde para Haddad, Ciro e Alckmin no segundo turno, diz Ibope

Foto: Reprodução

Líder nas pesquisas de intenção de voto no primeiro turno, o presidencial Jair Bolsonaro otonão conseguiria superar nenhum adversário nas simulações de segundo tuno apresentadas pelo Ibope em nova pesquisa divulgada nesta segunda-feira (24). De acordo com o instituto, se a segunda etapa das eleições fosse hoje, Bolsonaro perderia para Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB). O deputado federal carioca ainda empataria com Marina Silva (Rede).   :: LEIA MAIS »

janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia