WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
nota premiada

:: ‘Brasil’

WhatsApp bane empresas suspeitas de beneficiar Bolsonaro e filho de candidato

Foto: Divulgação

O WhatsApp informou nesta sexta-feira (19) que baniu contas vinculadas a empresas acusadas de fazer envio em massa de mensagens para campanhas políticas nas eleições deste ano, denunciadas por reportagem da Folha de São Paulo. Segundo a matéria, as companhias são ligadas ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), e o conteúdo das mensagens seria contrário ao PT, que tem como candidato Fernando Haddad. “O Whatsapp baniu proativamente centenas de milhares de contas durante o período das eleições no Brasil. Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação. Também estamos tomando medidas legais imediatas para impedir empresas de enviar mensagens em massa via WhatsApp e já banimos contas associadas à essas empresas”, diz o comunicado da empresa dona do app. :: LEIA MAIS »

Correios começam a fechar agências em 14 estados; mais de 5 mil devem ser demitidos

Correios vão fechar ao público e encerrar as atividades em 41 agências de 14 Estados do país.

A partir desta terça-feira, os Correios vão fechar ao público e encerrar as atividades em 41 agências de 14 Estados do país. De acordo com a empresa, as unidades que serão desativadas ocupam imóveis alugados, poderão ser atendidas por outras próximas (com distância não superior a 2km) e são deficitárias. A companhia informou que não haverá demissões dos empregados das unidades que serão agora desativadas. Atualmente, a empresa possui cerca de 6 mil agências próprias em todo o país. Segundo os Correios, o encerramento das atividades dessas agências faz parte do processo de remodelagem da rede de atendimento, que prevê a substituição gradativa de unidades convencionais por outros modelos diferenciados. :: LEIA MAIS »

Igreja Universal tem pretensões de governar o país, diz Haddad

Foto: Reprodução/Facebook

O candidato a presidente Fernando Haddad (PT) disse nesta terça-feira (16) que a Igreja Universal do Reino de Deus tem “pretensões de governar o país” e que seu líder, bispo Edir Macedo, coloca a TV Record a serviço do candidato Jair Bolsonaro (PSL).Haddad fez as declarações em entrevista ao jornalista Bob Fernandes na TVE Bahia. O petista, que foi questionado a respeito de Macedo, não citou nominalmente o bispo, a igreja ou a Record. Macedo anunciou, em 30 de setembro, apoio a Bolsonaro em vídeo no Facebook. Nos últimos dias, Haddad associou o líder religioso ao “fundamentalismo charlatão” e disse que ele tem “fome de dinheiro”. :: LEIA MAIS »

Eleitores já podem emitir certidão de quitação eleitoral no site do TSE

Foto: Divulgação

A partir desta segunda (15), a emissão da certidão de quitação eleitoral, referente ao primeiro turno das eleições 2018, já está disponível no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O certificado é gratuito. Além da internet, a certidão pode ser obtida também pessoalmente, em qualquer cartório eleitoral. Para isso, basta levar o canhoto entregue no dia da votação do primeiro turno. Se o eleitor preferir, ele também pode baixar o aplicativo E-titulo no celular ou no tablet e emitir o documento. A certidão é um documento importante que comprova que o eleitor está em dia com a Justiça Eleitoral, e é exigido na hora de tirar o passaporte ou para assumir cargos públicos. Também nos casos em que o eleitor perdeu o comprovante de votação, a certidão pode substituir o comprovante, já que ela é uma prova que o eleitor não possui débitos com o TSE.

Haddad reforça que não dará indulto a Lula caso eleito: ‘Ele não pede’

Fernando Haddad

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, voltou a afirmar, ao ser questionado sobre a possibilidade de conceder indulto a Lula, que isso não é o que o ex-presidente deseja. “Ele não pede. É engraçado vocês me pedirem para me posicionar sobre algo que o presidente não está pedindo. Ele está pedindo um julgamento justo”, disse Haddad, em entrevista publicada neste domingo (14) pelo jornal El País. Ele acrescentou que “a maioria vê uma fragilidade enorme” no processo sobre o ex-presidente. Lula está preso desde abril, e a hipótese de indulto já chegou a ser discutida dentro do PT. A legislação prevê a possibilidade de o presidente dar esse benefício a condenados, mas a iniciativa de maneira individual é rara. :: LEIA MAIS »

Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco

Foto: Divulgação

A partir de sábado (13), os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que começou a ser implementada em julho do ano passado.Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito.O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

Bolsonaro tem 54% dos votos válidos no segundo turno; Haddad, 46%

Foto: Reprodução

A primeira pesquisa eleitoral do segundo turno mostrou que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com 54% das intenções de votos válidos. De acordo com o levantamento feito pela consultoria de pesquisa Ideia Big Data, o Candidato do PSL tem oito pontos de vantagem em relação a Fernando Haddad, representante do PT. O ex-prefeito de São Paulo teria 46% das intenções de voto. A pesquisa encomendada pela revista Veja ouviu 2.036 eleitores das cinco regiões do país entre a última segunda e esta quarta-feira (10). A margem de erro é de 2,67% pontos percentuais para mais ou para menos. O número de registro no TSE é BR-09687/2018. Bolsonaro chegou ao segundo turno com a preferência de 46,03% do eleitorado (ou 49,2 milhões de votos). Haddad teve 29,28% dos votos válidos (31,3 milhões de votos).

janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia