O Barcelona venceu a Chapecoense por 5×0 nesta segunda-feira (7), no Camp Nou, num duelo em que o menos importante foi o placar. O amistoso, válido pelo torneio de pré-temporada do clube catalão, foi muito mais uma celebração à vida. Apenas 252 dias – ou pouco mais de oito meses – após ter sobrevivido ao acidente, no dia 29 de novembro, o lateral esquerdo fez o seu retorno aos gramados. Para quem duvidada da sua capacidade de voltar a atuar em alto nível, o jogador surpreendeu. Ficou por 35 minutos em campo e fez belas jogadas pelo lado direito do ataque em parceria com Apodi.

Na saída de campo, no intervalo, Alan ainda teve o privilégio de trocar camisas com Lionel Messi. O lateral recebeu uma ovação de todo o estádio. Apodi foi o destaque da Chape no jogo. Ousado, o potiguar, que já defendeu Bahia e Vitória, deu dois ‘banhos de cuia’ no lateral esquerdo Jordi Alba, titular do Barça. “Procurei me esforçar ao máximo, como sempre faço. A gente sabia que a nossa chance de ganhar seria pequena, então o que vale é a festa maravilhosa que fizeram pra gente”, disse.

Um dos momentos mais marcantes foi a participação de Neto e Follmann, os outros dois sobreviventes do acidente. Juntos e uniformizados, eles deram o pontapé inicial da partida. “Por tudo o que a gente viveu, vir para um jogo com o Barcelona é algo muito emocionante. É claro que passa o filme pela nossa cabeça, não tem como ser diferente. Estou feliz por ter feito parte desta festa e da reestreia do Alan, que foi sensacional”, disse Follmann. Os gols do Barça foram marcados por Busquets, Deulofeu, Denis Suárez, Messi e Luis Suárez.